Duração do implante de cabelo

tabela-de-norwood-grau-de-calvicieA duração prevista para o resultado de um implante de cabelo deve ser permanente, mas é dependente de vários factores. Queremos com isto dizer que deve ser um tratamento definitivo visto que o local de onde se retira o cabelo para implante – zona dadora – contém cabelo com duração mais prolongada e que em situações normais não sofreria queda. Esse é o cabelo que veem na última fase da queda de cabelo da tabela de Norwood (Figura 1) – o cabelo da região da nuca que normalmente não cai. Porém, na realidade, vários factores intervém e um tratamento que a priori é definitivo pode necessitar de algumas sessões de manutenção.

Assim, os factores que influenciam a necessidade de mais sessões de implante de cabelos serão em resumo:

  • A idade do doente
  • O tamanho da área de alopécia
  • A densidade de folículos na área dadora
  • Velocidade da queda de cabelo
  • Tipo de cirurgia e qualidade da cirurgia

Idade do doente e Velocidade da queda de cabelo

A perda de cabelo ou alopécia é um processo progressivo, cuja velocidade varia, podendo ocorrer ao longo de muitos anos ou até poucos meses em casos patológicos. Quando falamos da idade como factor que influencia a duração de um tratamento de implante de cabelo verificamos que quanto mais estável estiver o processo de queda, mais duradouro será o transplante.

Para simplificar, vejamos um exemplo. Olhemos para a tabela de Norwood em cima (Imagem 1). Imaginemos que um doente com 30 anos se encontra no grau 3-A, mas que irá progredir nos próximos 10 anos para o grau 7. Podemos prever o que irá acontecer se fizer o transplante de cabelo ao 30 anos! – Quando tiver 40 anos, o cabelo que restará na cabeça será o colocado na zona transplantada mais o da região permanente na zona da nuca.

Tamanho da área receptora e densidade de folíolos na área dadora

Quando fazemos um implante de cabelo estamos a retirar foliculos (pelos) de uma zona dadora onde estes duram mais tempo e a implanta-los numa zona onde já não há cabelo. Assim, em caso extremos, se a zona dadora tiver muitos folíolos (densidade elevada) e a zona receptora for pequena, será fácil fazer o implante e o resultado será muito mais uniforme e duradouro. O oposto dificultará tanto o procedimento cirúrgico como comprometerá os resultados.

Tipo e qualidade da cirurgia de implante de cabelo

Como em maior parte das áreas da Medicina, a cirurgia de transplante de cabelo é ao mesmo tempo um procedimento médico e uma arte. Podemos comparar a pintar um quadro com pouca tinta sendo que teremos que criar um equilíbrio entre espaçamento dos pontinhos que desenhamos (foliculos implantados) e o resultado que queremos, sendo que não podemos ficar sem tinta a meio.

Deste equilíbrio nascem os bons resultados. Assim, quando decidir fazer uma cirurgia de implante de cabelo, deverá procurar um cirurgião experiente e cujos resultados sejam certificados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *